FEIPOL-SUL

FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DOS TRABALHADORES POLICIAIS CIVIS DA REGIÃO SUL

Na manhã do dia 04 de julho, deputados governistas, sabedores da derrota eminente, esvaziaram as comissões internas do plenário para que não houvesse chance de analisar o PL 361/18 e com isso, atrapalhar todo o processo de votação. Com a ausência da bancada governista, a governadora mandou outra mensagem retirando o Regime de Urgência da votação do PL da data-base.

Sentindo a pressão realizada pelos servidores do Executivo e da oposição, o Presidente da ALEP Ademar Traiano, deu garantia que as comissões se reunirão dia 09 de julho,na segunda-feira pela manhã e que, no mesmo dia, será votado o PL da data-base.

Sendo do interesse geral, o SINCLAPOL convoca a todos os policiais civis da Capital e Região Metropolitana, que compareçam nesta segunda-feira à partir das 9h00, para acompanhar as discussões das comissões internas e pressionar o governo a ceder o mínimo de 2,76% de reajuste salarial e benefícios sem distinção.

“Não podemos permitir este disparate e a distinção... vamos nos mobilizar e pressionar o governo com a presença de todos ocupando a ALEP!”, diz o Presidente do SINCLAPOL Fábio Barddal que considera o percentual oferecido uma esmola diante dos quase 12% de defasagem salarial em comparação aos outros poderes receberão os 2,76% de reajuste.

Faça a sua parte e compareça!