Lei Orgânica das Polícias está entre prioridades da Bancada da Segurança Pública

A Frente Parlamentar da Segurança Pública apresentou, nesta quinta-feira (28), ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), sua agenda de pautas prioritárias para o ano. Entre as prioridades estão os projetos que criam as leis orgânicas das polícias militar e civil e o novo Código de Processo Penal.

Além dessas pautas, eles também defenderão o avanço dos projetos que compõem o novo pacote anticrime do governo federal. Uma das medidas propostas endurece a pena para os crimes do chamado “novo cangaço”, modalidade em que quadrilhas com altíssimo poder de fogo e táticas de guerrilha literalmente invadem cidades de pequeno e médio porte para roubar altos valores de instituições financeiras.

Além dessas pautas, eles também defenderão o avanço dos projetos que compõem o novo pacote anticrime do governo federal. Uma das medidas propostas endurece a pena para os crimes do chamado “novo cangaço”, modalidade em que quadrilhas com altíssimo poder de fogo e táticas de guerrilha literalmente invadem cidades de pequeno e médio porte para roubar altos valores de instituições financeiras.

COBRAPOL – Segundo o presidente da COBRAPOL, André Luiz Gutierrez, “a iniciativa dos parlamentares da Frente da Segurança Pública é reflexo do trabalho realizado pela nossa entidade ao longo desses últimos anos, representando um importante passo para aprovação da matéria. Importante, agora, mantermos a mobilização junto aos parlamentares para garantir a votação da Lei Orgânica da Polícia Civil ainda neste semestre”, enfatizou.

Fonte: Comunicação COBRAPOL, com informações da Gazeta do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Education Template