Em clima de unidade, Congresso elege nova direção da COBRAPOL por aclamação

O XXI Congresso Nacional da COBRAPOL, realizado nos dias 25 e 26 de maio em Brasília, elegeu a nova direção da entidade para o quadriênio 2022/2026. Após um intenso debate, que se deu desde o dia 25, todos os postulantes a presidente da entidade chegaram a um consenso em torno do nome de Adriano Bandeira, atual presidente do Sinpol/SE, para a presidência da COBRAPOL no próximo quadriênio. Com isso, a chapa apresentada foi eleita por aclamação de todos os presentes.

Adriano Bandeira, que vai suceder André Luiz Gutierrez, fez uma homenagem ao atual presidente e à Diretoria que encerra seu mandato, se comprometendo a dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido em torno da Lei Orgânica da Polícia Civil, do novo Código de Processo Penal (CPP) entre outros objetivos dos policiais civis. O novo presidente também agradeceu ao gesto dos demais postulantes à presidência e ao apoio de todos, e anunciou que estava, naquele momento, abrindo mão de um projeto eleitoral em seu Estado em favor do trabalho à frente da COBRAPOL.

Região Sul estará bem representada na nova direção da COBRAPOL

Na nova composição da direção da COBRAPOL, teremos a presença de vários representantes da Região Sul. O Diretor Financeiro da UGEIRM, Cladio Wohlfahrt, foi eleito para ocupar a Vice-presidência da Região Sul, o Presidente do SINPOL-RS, Mario Flanir, ocupará a diretoria de Assuntos Jurídicos, Evandro Baroto ocupará a diretoria de Assuntos Ministeriais, a Presidente do SINCLAPOL, Valquíria Tiske, ocupará a diretoria de Segurança Pública, Walmir Donato de Oliveira Neto, do Sinpol/SC, ocupará a diretoria de Relações Sindicais e Flavio Ribeiro, do Sinpol/SC, ocupará a diretoria Administrativa.

O Presidente da Feipol-Sul, Fabio Castro, ressaltou o clima de unidade do Congresso e as discussões que ocorreram durante os dois dias do encontro. “A COBRAPOL sai desse congresso, preparada para enfrentar os grandes desafios que teremos no próximo período. Os debates apontaram no caminho certo, de priorização da luta pela Lei Orgânica das Polícias Civis, do debate da reforma do Código de Processo Penal e, a longo prazo, da implantação da Carreira Única. A nossa categoria sai ainda mais fortalecida, desses dias de intensos debates. A Feipol-Sul parabeniza o novo presidente e a nova direção da entidade, com a confiança que esses (as) colegas estão plenamente capacitados (as) para dirigir as nossas lutas no próximo quadriênio”, destacou Fabio Castro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Education Template