Cobrapol e Feipol-Sul são recebidas por equipe de transição do Governo Lula

A Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) e a Feipol-Sul participaram nesta terça-feira (22), em Brasília/DF, de uma reunião com representantes do grupo de trabalho para Justiça e Segurança Pública da equipe de transição do Governo Federal. Na oportunidade, as entidades estiveram representadas pelo presidente da COBRAPOL, Adriano Bandeira; e pelo presidente da Feipol/Sul, Fábio Nunes Castro, que intermediou o encontro.

O advogado Wadih Damous, ex-presidente OAB/RJ e ex-deputado federal PT/RJ; e Fabiane Guimarães, secretária de Representação Institucional do Governo do Maranhão em Brasília, receberam os representantes das entidades e ouviram demandas relacionadas à segurança pública do país, com foco na valorização profissional dos mais de 122 mil policiais civis do Brasil.

“A Cobrapol busca a reversão de injustiças cometidas pelo Governo Federal, entre as quais destacamos a aprovação da Reforma da Previdência (PEC 06/2019), que culminou no fim da paridade e integralidade nas aposentadorias e pensões policiais; além da extinção da aposentadoria da mulher policial. Também dialogamos sobre a importância da aprovação da Lei Orgânica Nacional das Polícias Civis e sobre a necessidade da criação do Ministério da Segurança Pública; além de outras temáticas prioritárias para os policiais civis, a exemplo da Carreira Única”, destacou Adriano Bandeira, presidente da Cobrapol. Para o Presidente da Feipol/Sul, Fabioo Castro, “essa abertura de diálogo é fundamental para a categoria. Nesse momento em que estão sendo traçadas as linhas gerais do próximo governo, é muito importante que a nossa pauta esteja no centro do debate, que será feito pelo novo governo, sobre segurança pública”.

Os representantes da equipe de transição do Governo Lula receberam documento com propostas apresentadas pela Cobrapol e um novo encontro está previsto para ocorrer com o objetivo de alinhar estratégias que possibilitem uma maior participação da categoria policial civil em contribuições voltadas especificamente para o grupo de trabalho da Justiça e Segurança Pública.

Com informações da Assessoria de Comunicação da COBRAPOL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Education Template